Resumo: Consumidor x Fornecedor diante ao CDC

Resumo: Consumidor x Fornecedor diante ao CDC

3 minutos Um pequeno resumo para adentrar nessa série de estudo do CDC Antes de iniciar ao assunto, é interessante ter uma noção no que se refere a relaçao de consumo: RELAÇÃO DE CONSUMO É a relação firmada entre consumidor e fornecedor, a qual possui como objeto a aquisição de um produto ou a contratação de um serviço. 1- QUEM É CONSUMIDOR? Como vimos acima consumidor e fornecedor são elementos subjetivos da relação jurídica. O próprio CDC traz a definição no Art. 2º. –> Consumidor é toda pessoa física ou jurídica que adquire ou utiliza Leia mais

Produção de Estudo de caso (Direito Contratual)

Produção de Estudo de caso (Direito Contratual)

13 minutos Com base em um caso, cria-se um estudo com base nas principais competências. CASO: “O negócio jurídico não é mais um terreno exclusivo da vontade, imune à incidência das normas constitucionais, mas instrumento cujo merecimento da tutela deve ser permanentemente aferido à luz da nova tábua axiológica consagrada na Constituição”. (Schreiber, 2018).1 Denota-se, portanto, que atualmente o princípio da liberdade contratual e pacta sunt servanda sofrem uma mitigação, especialmente pelo conteúdo Constitucional e também por normas infraconstitucionais como o princípio da função Leia mais

Resenha do livro ACESSO A JUSTIÇA

Resenha do livro ACESSO A JUSTIÇA

3 minutos O presente trabalho traz uma análise crítica da obra de Mauro Cappelletti e Bryant Garth, e está dividido em cinco capítulos numa linguagem bem sistemática que aborda o processo de transformação no que tange ao conceito e a pratica do acesso à justiça ao longo do tempo. Os autores evidenciam situações em que a justiça nos séculos XVII e XIX se difere muito dos tempos atuais, os estados liberais usavam de métodos individualista para resolver as lides, na qual o acesso à Leia mais

Texto critico O Caso dos Exploradores de Cavernas

Texto critico O Caso dos Exploradores de Cavernas

3 minutos A leitura da obra “O Caso dos Exploradores de Cavernas” escrita por Lon. L. Fuller, narrar uma história fictícia, inspirada em casos reais, de US vs. Holmes (1842) e Regina vs. Dudley e Stephens (1884), sobre naufrágios seguidos de homicídio e canibalismo. Está obra discorre sobre cinco exploradores de cavernas que ficaram presos após um deslizamento de terra, e ao descobrirem que as chances de sobrevivências eram baixas, por não terem recursos alimentícios suficientes, um dos exploradores chamado Whetmore requisita a ideia Leia mais

Texto critico do livro A Sedução do Discurso

Texto critico do livro A Sedução do Discurso

4 minutos O percurso descrito pela obra é composto por sete capítulos os quais sugerem elementos que caracterizam aspectos fundamentais e relevantes para o desenvolvimento de habilidades capazes de seduzir e convencer jurados, como também, discorre interpretações jurídicas baseadas em filmes de longas – metragens. Tais elementos retratam o poder da sedução externalizado pelas condições intrínsecas, tendo como base a complexidade da subjetividade humana e sua ocorrência nos aspectos emocionais, onde o discurso sedutor recorre a diferentes artifícios para o convencimento, contudo, sendo o Leia mais

Fichamento do livro O Caso dos Exploradores de Caverna

Fichamento do livro O Caso dos Exploradores de Caverna

4 minutos O caso dos Exploradores de caverna teve sua primeira publicação em 1949 e tem como autor o filósofo e professor de Havard, Lon L. Fuller. Esta literatura, retrata uma história baseada em um caso fictício de quatro sobreviventes, que após um ato de homicídio de um companheiro, foram processados e condenados em primeira instância à morte pelo Tribunal do Condado de Stowfield, e em segunda instância julgado pelos juízes. A história inicia retratando uma situação na qual 5 cinco membros da Sociedade Leia mais

Uma breve opinião sobre quais devem ser os atributos necessários a uma pessoa para que ela se torne membro do STF.

Uma breve opinião sobre quais devem ser os atributos necessários a uma pessoa para que ela se torne membro do STF.

1 minuto O Supremo tribunal Federal é o atual guardião da constituição e o mais alto órgão do poder legislativo, composto por 11 ministro, que são escolhidos pelo Presidente, aprovados por votação interna e secreta no senado. Atualmente, para ser um dos ministros é necessário seguir alguns requisitos elencados na constituição, porém tais requisitos são alvos de discussão e críticas devido a sua real eficácia, ja que são requisitos vagos, deixando a livre discricionariedade do chefe do poder executivo O poder que o presidente possui em escolher Leia mais

A ARTE RETÓRICA ALAVANCARÁ SUA CARREIRA

A ARTE RETÓRICA ALAVANCARÁ SUA CARREIRA

1 minuto Falar bem atrairá a confiança do clienteA atividade advocatícia é uma profissão que demanda uma excelente oratória. Quando alguém fala que é formado em Direito, logo as pessoas deduzem que aquele profissional é um exímio tribuno. O estudo da oratória para os profissionais do Direito é condição sine qua non para o bom desempenho da advocacia.Alguns acham que a oratória só serve para os colegas que militam no Tribunal do júri. Ledo engano. O conhecimento das técnicas de Oratória facilita o poder de Leia mais

Meu relato como estudante de direito

Meu relato como estudante de direito

6 minutos Uma série de dicas para estudantes do direito. (parte 01)- Piloto- MOTIVAÇÃO Hoje (05/04/2020), estamos vivendo num regime de quarentena em decorrência da pandemia do novo coronavírus (covid 19), e para evitar a improdutividade principalmente nesses dias em que tudo facilita para a dominação da procrastinação, vamos tentar escrever para cooperar com o mundo de alguma forma (risos). ONDE ESTUDO   Atualmente estou no terceiro semestre de Direito, estudo na faculdade ages na qual usa da metodologia ativa de ensino. Sobre esse Leia mais

Resenha do livro “Justiça: o que é fazer a coisa certa”

Resenha do livro “Justiça: o que é fazer a coisa certa”

3 minutos O livro em estudo “Justiça: o que é fazer a coisa certa” escrito pelo autor Michael Sandel, nasceu na cidade de Minneapolis nos Estado Unidos, ano 1953. Nessa época, Michael foi um dos mais importantes nomes da filosofia de sua geração, atuando também como professor de filosofia na faculdade de Harvard. Ficou conhecido internacionalmente pelas suas obras que falam de justiça. O livro é dividido em 10 capítulos onde o autor usa de algumas situações cotidianas que abordam questões onde são apresentadas Leia mais